Concelho de Santa Marta de Penaguião

MIRADOURO DE S. PEDRO

A capela de S. Pedro tem um valor especial pelo local onde está edificada. Numa paisagem largamente marcada pelo relevo montanhoso e pelos socalcos da vinha, esta capela situa-se num pequeno monte com uma vista privilegiada para uma paisagem espetacularmente bela e diversificada.
Este miradouro, contextualizado numa região considerada, pela UNESCO, como Património da Humanidade, é detentor de uma beleza ímpar de cortar a respiração não só pela altitude, mas pelo fantástico que é encontrar sítios assim, que nos transportam para universos paralelos em que quase percebemos o que é voar!
A sacralizar este pequeno monte temos a capela de S. Pedro, de construção recente e modesta. Datada de 1987, é um edifício de pequenas dimensões tradicionalmente “caiado” de branco. Dentro, no altar-mor, encontra-se a imagem de S. Pedro, que de uma forma celestial parece proteger e abençoar quem o visita.
  

IGREJA MATRIZ DE SÃO JOÃO DE LOBRIGOS

A Igreja Matriz de São João de Lobrigos, cujo patrono é S. João Batista, foi considerada Imóvel de Interesse Público em 1987, devido às suas características únicas de grande primor e riqueza ornamental. É um templo de planta retangular com torre sineira de traça quadrangular avançado à frontaria, que lhe confere um aspeto invulgar.
O gosto decorativo barroco setecentista preside em todo o edifício, a ilustrar pelos inúmeros retábulos apainelados, pelas pinturas de evocação evangélica, pelo altar-mor de talha com profusa e carregada ilustração vegetal e floral entre outros.
Esta igreja possui, no seu interior, um órgão de tubos setecentista, com aplicações de talha dourada. Este instrumento é único no concelho e a sua melodia continua a vigorar nas eucaristias, atribuindo-lhe a categoria do único órgão de tubos ativo em toda a Diocese de Vila Real.

FLORESTA DE SARNADELO A BANDUGE

Ao percorrermos os caminhos de Santiago no concelho de Santa Marta de Penaguião deparamo-nos com paisagens deslumbrantes e diversificadas. Como é exemplo o Caminho dos Torneiros no sentido Sarnadelo – Banduje na Freguesia de Sever, o qual, nos permite disfrutar de um belíssimo trilho de floresta com predominância de folhosas.
Um percurso idílico, propício à introspeção e à reflexão, sob um cenário originalmente belo e natural, onde a vegetação esconde o mundo urbanizado e nos transporta para tempos remotos. Ao longo deste caminho temos também a oportunidade de admirar os belos socalcos de vinhas, que vão ao encontro do leito do Rio Aguilhão. Este caminho é uma mostra clara das belíssimas paisagens que o concelho de Santa Marta de Penaguião dispõe.

TROÇO ENVOLVENTE DO RIO AGUILHÃO

Num percurso caracterizado pelo relevo montanhoso, as recorrentes subidas e descidas não permitem ao caminheiro entregar-se à monotonia do seu passo.
A descida e subida entre muros de xisto que envolvem e dão vida aos socalcos do Douro, e que nos guiam à passagem sobre o Rio Aguilhão, é um cenário que nos adorna o espírito com mensagens de paz e tranquilidade. O trilho de Concieiro – Covelo, caracterizado pela descida, passagem do Rio e subida muito ingreme, é a prova viva do esplendor e dos desafios orográficos desta Região Demarcada, que nos torna pequenos perante tal enormidade natural, servida a todos os caminheiros que se aventurem a percorrer os Caminhos de Santiago no Município de Santa Marta de Penaguião.